Memórias – Castro Alves

Hoje, 14 de março, é aniversário de nascimento do poeta Castro Alves.
Nascido em 14 de março de 1847, em Curralinho/BA, o poeta Antônio de Castro Alves foi o último grande poeta da terceira geração romântica no Brasil (Condoreirismo) e ficou conhecido como “O Poeta dos Escravos”. Expressou em seus magistrais poemas a indignação pelos graves problemas sociais de seu tempo; denunciou a crueldade da escravidão e clamou pela liberdade, dando ao Romantismo um sentido social e revolucionário que o aproxima do Realismo. Foi também o poeta do amor; sua poesia amorosa descreve a beleza e a sedução do corpo da mulher.
No dia 6 de julho de 1871, em Salvador/BA, Castro Alves faleceu aos 24 anos.
É o patrono da Cadeira nº 7 da Academia Brasileira de Letras (ABL).

A Flauta Mágica

Você precisa entrar para ver esta página.

Gaita de Fole – História

É um instrumento da família dos aerofones, composto de pelo menos um tubo melódico (chamado ponteiro ou cantadeira, pelo qual se digita a música) e de um insuflador mediado por uma válvula (chamado soprete ou assoprador), ambos ligados a um reservatório de ar (chamado fole ou bolsa); na maioria dos casos, há pelo menos mais um tubo melódico, pelo qual se emite uma nota pedal constante em harmonia com o tubo melódico (chamado bordão ou ronco). É um instrumento modal, na maioria das vezes jônio (modo de dó).

A cantadeira possui a peculiar configuração de ser construída baseada numa nota (chamada tonal, geralmente soada com todos os furos fechados), e afinada noutra (chamada sensível, geralmente a primeira nota aberta), a qual rege a afinação da nota pedal soada pelo bordão (geralmente uma oitava abaixo da nota sensível da cantadeira). As possíveis afinações variam de gaita para gaita, geralmente em dó, ré, sol, lá, si ou si bemol. Leia mais ›

Marcado com:

Piano – História

A história do piano começa por volta de 1700, quando o instrumento é criado por Bartolomeu Cristofori.

O piano é muito conhecido hoje em dia talvez por ter sido o principal instrumento usado por importantes músicos da história, como Mozart e Beethoven. Munido de um teclado geralmente composto por 88 teclas, o mesmo é um instrumento musical de corda percutida. O som é gerado pelo acionamento dos martelos de madeira, que percutem as cordas em seu interior. Leia mais ›

Marcado com:

Sanfona – História

Presente na música folclórica de muitos países, a sanfona é um instrumento musical que se tornou popular no início do século XIX na Áustria e na Alemanha. Imigrantes alemães e italianos trouxeram o instrumento para o Brasil a finais do século XIX, particularmente aos estados de São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, espalhando-se para outras regiões e ganhando popularidade na música popular brasileira. Assim, também ganhou diferentes nomes, entre eles sanfona no Nordeste, ou gaita e acordeão no sul do país. Leia mais ›

Marcado com:
Top